Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Sol vermelho’

Aqui vai um pequeno texto explicativo sobre o meu amado romance que acabei de fracionar em duas partes e mandar uma delas para um concurso (http://www.editora.ufg.br/noticias/concurso-literario). Não, não eu não vou publicar esse livro online até segunda ordem. Mas quem sabe isso aqui chama atenção de algum entusiasta ou membro de editora (sei lá né).

4 Ases nº1: Sol Vermelho

O que é e quando foi

Trata-se de uma obra de ficção ambientada no velho oeste norte-americano. Também
comumente conhecido como “Western” ou “Bangue-Bangue”. A data é por volta do ano de
1888 depois da Guerra de Secessão ou Guerra Civil Americana.

No que consiste

O livro foi construído com vários capítulos pequenos, todos com seu “começo, meio e fim” ao
estilo “epísódio de seriado”. Apesar disso eles não seguem um padrão de cumprimento, alguns
podendo ter o triplo de páginas da maioria dos outros capítulos. Todos são parte da mesma
história, na maioria das vezes em ordem cronológica, mas todos são interligados num enredo
único e com ordem baseada na idéia basica da estória em si. Tudo acontece na ordem em
que foi planejado para ser apresentado ao leitor. Ou seja, o enredo está sujeito à flashbacks,
devaneios, sonhos ou longas observações históricas extremamente necessárias para o
entendimento, estudo e ambientação do que conta no livro. A formula de narrativa durante
a obra varia bastante, tendo capítulos totalmente descritivos, outros mesclados e alguns com
dissertações do narrador. Que inclusive é observador e personagem em determinadas partes e
momentos da trama.

Os ditos “mistérios”, pontas soltas ou confusões propositais por parte dos personagens
só contribui para o clima obscuro que se procura ter dentro desta obra. Utilizando de
comparações e observações quase sempre favorecendo o lado negativo e pessimista dos
ambientes. Mas esfriando as tensões de tempos em tempos com diálogos descontraídos de
determinados personagens ou longos papos ao lado de uma fogueira. Mas o desenrolar da
estória conspira numa tênue ou as vezes veloz transformação de certos personagens, seja
fisicamente ou seja mentalmente.

Os personagens

Toda a estória circula e engloba as peripécias,aventuras ou desventuras de quatro
personagens. Estes personagens foram baseados nos quatro temperamentos originalmente de
Aristóteles e traduzidos basicamente da seguinte forma:

Melancólico (Introvertido): Genial, Apreciador das Artes, Depressivo e Angustiado.

Fleumático (Introvertido): Confiante, Inteligente, Arrogante e Sádico.

Sanguíneo (Extrovertido): Contagiante, Alegre, Frívolo e Irresponsável.

Colérico (Extrovertido): Determinado, Implacável, Irado e Desdenhoso.

Dentro desta obra que busca valorizar e exaltar o lado obscuro, negativo, demoníaco e
horrendo do ser humano; O que era facilmente detectável na época e lugar onde a estória
se passa. E é neste pano de fundo onde estes personagens buscam respostas ou sobre seu
passado, sua família, sobre a verdade ou simplesmente riquesa. E nesta busca comum dos
quatro eles pelo acaso, situação, apego ou dever (depende, é um motivo para cada) se reunem

definitivamente, lutando contra tudo e todos em prol de sua própria sobrevivência, defeitos
ou manias.

O palco inicial para esta reunião é a famigerada e novíssima cidade de Red Sun, que faz parte
de um condado de outras cidades que enriqueceram subitamente devido à descoberta de
metais preciosos nos arredores. Mas dentro desta dita maldita cidade ocorrem disputas
territoriais; grilagens de terra; assaltos; roubos; assassinatos, hediondos ou não; jogos de
poder que vão dês de comerciantes à autoridades de colarinho branco.

Com o desenvolver da trama, as outras cidades deste condado participam das constantes
carnificinas movidas à ódio e cobiça e logo mais o próprio México se torna o palco final do
enredo quando um velho contato de um dos protagonistas contrata a pequena gangue para
ajudar-lo em sua sede de vingança.

Folclore em geral

O misticismo, crença ou descrença típicos desta época foram adicionados ao máximo na
medida do possível através de pesquisas que variaram dês de livros, artigos à todo tipo de
material multimídia, que vai dês de revistas Tex, Filmes clássicos à Jogos Eletrônicos.

Os diálogos foram desenvolvidos para serem o mais natural e realista possível, onde um
bêbado vai falar coisas sem sentido ou inaldiveis, um mexicano vai falar algumas palavras
em espanhol para tentar criar a ilusão de sotaque. Tudo na tentativa de valorizar o local e o
ambiente, mas não ao ponto de trazer diálogos totalmente indecifráveis. Alguns podem até
precisar de certa pesquisa ou lógica para se entender, mas isso também faz parte da proposta
da obra.

Armas

O nome de armas famosas e típicas da época não foi descartado, mas também se utilizou
certos termos para se nomear certas famílias de armas que eram muito utilizadas na época.
E como é um livro de ficção, a veracidade histórica não foi levada tão à sério, em algumas
situações acontecem longas explicações sobre a origem de determinada arma de fogo ou
detalhes de seu funcionamento. Mas apesar disso, se buscou ao máximo fazer algo que seja
fácil de interpretar e de se entender. Mesmo quando se trata de termos técnicos como armas
de fogo do final do século dezenove.

Personagens secundários

Existem uma grande quantidade de personagens secundários de presença e importância
variáveis durante o enredo. Mas alguns sumamente ditos como inúteis ou sem valor podem
ser peças chave em outras fases da trama. Para resumir todos eles tem a sua importância
dentro do enredo.

Tempo de desenvolvimento

Esta obra levou cerca de sete anos para chegar ao ponto atual.

Objetivo

Esta obra tem o intuito de reapresentar um tema que provavelmente nunca sai de moda, mas
que não é muito aprofundado nos últimos anos. E dentro deste tema mostrar com realismo
e ao mesmo tempo ilusionismo o mal em si que existe no ser humano. E como nós, repre-
sentados pelos protagonistas, lutamos e sofremos desafiando ou alxiliando o mal todos os
dias. Enfim a obra é recheada de mensagens que podem ser intepretadas de várias formas
conforme o leitor.

Entretanto, esta obra que está sendo apresentada aqui, é apenas a preparação, a introdução,
o início de uma trilogia com as bases já arquitetadas e planejadas. Tendo naturalmente seu
climax absoluto no segundo livro e todas as revelações e respostas no terceiro. Que é onde o
enredo, no final, finalmente se torna claro e iluminado independente do sentido à se usar. E
onde os protagonistas encontram suas respostas, aspirações ou vencem o que querem vencer.
Mas ao mesmo tempo arcam com suas responsabilidades e com seus erros.

Objetivos dos Protagonistas

Melancólico: A Busca de seu passado.

Fleumático: A luta entre seu lado bom e seu lado ruim.

Sanguíneo: O combate contra seus próprios impulsos.

Colérico: Descobrir por quem ou que lutar.

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: